Jorginho Mello garante R$ 8 milhões para hospitais de Santa Catarina

Senador cumpriu agenda por Joinville, Jaraguá do Sul e Blumenau

O senador Jorginho Mello cumpriu extensa agenda pelo Norte do Estado nesta segunda-feira e anunciou R$ 8 milhões para hospitais de Joinville, Jaraguá do Sul e Blumenau.


Em Joinville visitou o Hospital Bethesda para anunciar R$ 1 milhão em recursos de emenda parlamentar para a compra de equipamentos.

Já no Hospital Municipal São José carimbou R$ 2 milhões que serão usados para a manutenção do atendimento.


Em Jaraguá do Sul esteve no Hospital Jaraguá para anunciar R$ 1 milhão, que será usado na compra de equipamentos.


R$ 4 milhões para Blumenau e inauguração da nova sede do Renal Vida


Em Blumenau, ele anunciou investimentos em três unidades de saúde da cidade.

Ao todo, foram destinados R$ 4 milhões para os Hospitais Santa Isabel e Santo Antônio e também para a Associação Renal Vida.

Jorginho visitou o hospital Santa Isabel e destacou a importância dos atendimentos dos hospitais para Blumenau e região.

- Quando se fala em Blumenau, nós estamos falando de referência em atendimento regional, que é exemplo para o Brasil. Por isso, destinei estes recursos, para que tanto o Santo Antônio, com a maternidade, como o Santa Isabel, com os atendimentos de complexidade de estruturem cada vez mais, atendendo mais e melhor as pessoas que dependem deles - destacou.


Renal Vida


Ainda na segunda-feira, Jorginho participou da inauguração da nova sede da Associação Renal vida. Lá, foram destinados mais R$ 2 milhões para custeio da instituição.


“Acompanho de perto o crescimento da associação. Conheço a rotina do paciente que depende da hemodiálise e a dificuldade que isso representa. É dever de quem está na vida pública, como eu, de dar melhores condições, de humanizar a rotina dessas pessoas e dar maior segurança de que o serviço será oferecido”, afirmou.


Jorginho recebeu homenagem, pois foi o parlamentar que mais contribuiu com as obras da nova sede. Viabilizando quase R$ 4,5 milhões para a construção da unidade, que será o maior centro de hemodiálise da América Latina.

1 visualização0 comentário